sábado, 18 de fevereiro de 2012

14 elementos chave na Gestão da Mudança


Actualmente a mudança é inevitável no mundo do negócio. 
As organizações e todo o seu pessoal têm de se reinventar para manterem-se competitivos no mercado. 
O ideal era a mudança criar vantagens, minimizar riscos e sustentar a performance. 

Mas como?
1. Compreender as razões principais que levam as pessoas a resistir à mudança e criar um plano ou estratégia para abordar estes factores.
2. Estabelecer um sentido de “urgência” para ultrapassar as rotinas e iniciar o processo.
3. Abordar as emoções dos trabalhadores em relação à mudança, uma vez que a transformação real se debruça neste aspecto.
4. As pessoas têm de perceber qual e o porquê do problema antes de ocorrer a mudança. Porquê a mudança?
5. Envolver as pessoas: participação, comunicação.
6. Aumentar o envolvimento através da colocação de perguntas.
7. Comunicar as más notícias de forma a minimizar os danos.
8. A cultura é uma parte importante na gestão da mudança e tem de ser abordada.
9. Storytelling: contar histórias que envolvem os membros da organização como agentes de mudança.
10. Qual é a capacidade da organização para de adaptar a um ambiente em mudança?
11. Mudança requer partilha e comunicação.
12. Comunicação clara e aberta, de modo a reduzir incertezas e resistência.
13. Plataformas: meio de comunicação e diálogo na organização.
14. A mudança ocorre melhor quando os problemas são divididos em problemas mais pequenos – pequenas vitórias/baby steps.


Como já foi referido no modelo ADKAR, a gestão da mudança passa pelo envolvimento das pessoas: gestão de expectativas, participação e comunicação. Mas quando há mudanças nas organizações ou empresas há realmente um envolvimento dos seus membros? Ou é uma tarefa apenas para os top managers?