quinta-feira, 1 de março de 2012

Os problemas da avaliação 360º





Quais são os problemas mais comuns na avaliação 360º?





O impacto do negócio na avaliação 360º
1. Pode não melhorar a performance: há empresas que não têm evidências que haja correlação entre o processo 360º e a produtividade.
2. O processo é demorado: o processo envolve vários meses e normalmente é administrado 1 vez por ano, logo os dados obtidos poderão estar desactualizados.
3. Pode limitar formas de comunicação: a confiança neste instrumento pode fazer com os RH não melhorem as outras abordagens de comunicação.
4. Os resultados deste processo podem ser um subproduto e não uma causa: outros factores (recompensas, reconhecimentos ou gestão) podem influenciar os resultados.
5. Os resultados podem ser influenciados por factores externos (custo de vida, família, etc).
6. Feedback não é produtividade: “feedback pode ser fumo mas não é fogo” pode contribuir para a produtividade mas não é produtividade.

Usar os resultados para uma “acção”
1. É difícil chegar a uma conclusão clara: porque há uma série de factores que não são contemplados como, satisfação, sentimento, confiança, moral, felicidade, …
2. Os resultados de todos os funcionários são compilados de modo a assegurar o anonimato: os resultados do funcionário com baixo nível de performance são juntados aos resultados do funcionário com alto nível de performance, que somando resulta numa performance média. Estes resultados são fiáveis?
3. Os resultados não são reveladores: o processo é unilateral uma vez que aborda os problemas e não as soluções.
4. As acções podem demorar até obterem os resultados desejados: uma vez que o processo lida com sentimentos e atitudes. Pode demorar anos até as acções terem impacto.
5. Anonimato significa que não podemos ter uma população-alvo para as nossas acções.

Questões relacionadas com os funcionários
1. Funcionários podem manipular propositadamente os resultados do processo.
2. Os intervenientes neste processo podem desconhecer os objectivos ou o papel do avaliado e não fazer uma avaliação correcta.
3. Os intervenientes valorizam coisas diferentes (atitudes e expectativas) dependendo da geração, dos seus valores culturais e da sua experiência.

In "ERE.net"

Estes problemas ou erros que acontecem neste tipo de avaliação, processo ou instrumento 360º ajudam-nos a ter consciência acerca dos mesmos e a preveni-los - tomar acções que modo a contornar estas situações problemáticas.
Qual destes erros estará mais presente no nosso processo de avaliação?
Estará a enviesar o feedback?