domingo, 26 de fevereiro de 2012

6 questões de entrevista que distinguem funcionários inovadores de normais

Imagine que avalia a sua equipa e que chega à conclusão de que nem todos os tipos de “cérebros” estão representados (analítico, estrutural, social, conceptual, expressivo, assertivo e flexível). Você precisa, especificamente, alguém com o “cérebro conceptual” (visionário, gera ideias através da conexão de pontos) que fomente a inovação e ideias que ultrapassam as restrições (“Nunca foi feito”, “É muito carro” ou “Nunca vai ser aprovado”).

Estas pessoas olham naturalmente para as coisas de forma diferente. Eles gostam de um desafio e imediatamente focam-se em soluções. É na entrevista que pode perceber até que ponto o seu candidato tem um pensamento conceptual.

As seguintes questões podem identificar potenciais inovadores:
1. Se montasse uma peça de mobília a partir das instruções, como seria?
Os inovadores frequentemente dizem “Eu olho para a imagem na caixa, ponho as peças todas no chão e depois começo. Depois de montado, eu utilizo as instruções para o lume na minha lareira.”

2.  Quando falta apenas 1 mês para acabar o prazo, como é que acaba o projecto?
Os inovadores frequentemente dizem “Primeiro, eu procuro ideias na internet. Depois dou uma volta a pé até a solução me surgir. Pode acontecer imediatamente ou pode demorar 3 dias, mas quando surgir a ideia (e ela irá surgir), ela surge por completo.”

3. Como é que faz importantes decisões de vida?
Resposta “Com base nas minhas intuições”.

4. O que faria se chegasse 10 minutos mais cedo a uma reunião?
O candidato responde que inicia uma conversa com a pessoa mais próxima ou prepara a reunião. O que será mais apropriado ou vai de encontro com a sua empresa?

5. Como afirmaria as suas ideias numa reunião perante a um grupo de administradores e se houvesse uma questão de confrontação?
O candidato aguarda pelo incentivo antes de falar ou salta logo para o seu ponto de vista?

6. Como responderia se o seu supervisor de repente altera-se o seu projecto?
O candidato adapta-se imediatamente à nova tarefa ou mantém a sua posição? O que seria mais benéfico para a sua organização?

Candidatos inovadores na maior parte das vezes perguntam onde é que a sua empresa estará daqui a 10 anos. Quantos produtos ou serviços estarão disponíveis e se espera algum tipo de prémio.
Se quer novas ideias na sua companhia, tem de cultivar uma atmosfera no qual todos os tipos de criatividade são valorizados. Antes de contratar o candidato excepcional temos de assegurar que a organização está preparada para receber este tipo de candidato, de atitude e de ideias. 

In "Inc."

No meu entender, o objectivo aqui é ter uma resposta tipicamente não esperada e respondida com toda a confiança. E perceber até que ponto a resposta vai de encontro com a cultura da organização e com aquilo que é esperado de um funcionário para a sua empresa. 
Estamos preparados para receber funcionários deste calibre?
Estamos a fazer as perguntas correctas de acordo ao tipo de perfil que procurámos (neste caso um "cérebro conceptual")?